quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Homens da Lei


Quem já lê o Neve a algum tempo, deve ter me ouvido falar visto escrever sobre minha ambição inquietante em um dia, fazer parte do grupo de agentes federais. Não sei dizer ao certo desde quando incluí essa idéia na minha lista de objetivos, mas talvez saiba o por quê. Passar madrugadas a fora assistindo a séries policiais como CSI, Cold Case, Em Nome da Justiça e Desaparecidos, despertou em mim uma vontade estranha e estimulante de solucionar crimes e fazer justiça. Na verdade esse lance de "justiça" me acompanha desde sempre. Sou daquele tipo que abomina desigualdades. E não é discursinho de Miss Liberdade não, eu REALMENTE procuro fazer tudo da forma mais justa. E talvez eu tenha escolhido o lado "federal" da coisa porque sempre opto pelo lado caminho mais difícil. Qual ariano que não corre atrás de desafios? Além disso, admiro absurdamente a índole desse pessoal. Tenho alguns amigos e vários colegas na área, e sou fã assumida de cada um deles. Tanto pela coragem quanto pela inteligência e disponibilidade que devem ter pra encarar a missão.

Sem contar que não é fácil largar a família e a cidade onde nasceu para ir pra um lugar super distante sem saber ao certo o que vem pela frente. E muitas vezes o destino prepara surpresas mórbidas, como aconteceu com dois amigos meus em julho desde ano (veja aqui). Então, é preciso um preparo psicológico todo especial, já que pessoas inseguras não suportariam a pressão.

Conheço desde ex professores de matemática e aikidô a caras que entraram de primeira. E é incrível: parece que um dos pré-requisitos pra serem aprovados é bom-humor e boa aparência. Sem contar o bom papo, a inteligência e o cavalheirismo. Elogios não me faltam pra discrever esses caras, mas sou suspeita pra falar.

Guaíra, a cidade onde moro, foi palco da maior chacina já ocorrida no Paraná. 15 assassinatos em um só dia e lugar. Foram mobilizados mais de 300 policiais, entre federais, tropas de choque, inteligência, militares, civis... O caso foi parar em todos os jornais do país, e um dos assassinos foi encontrado ontem, em São Paulo.

Na "terça-feira negra", como ficou conhecido o dia da chacina, um carro subiu a rampa de acesso aqui de onde eu trabalho, e duas pessoas desceram do carro. Fui de encontro a elas pra ver o que acontecia, e vi que o vidro do carro estava estilhaçado e haviam várias perfurações pela lataria. Não me surpreendi, já que marcas de tiro em carros por aqui não é algo tão anormal. Foi quando vi que os dois caras que desceram estavam completamente ensanguentados, um deles com um tiro de raspão no rosto. Antes de se tornar a Secretaria da Assistência Social, o prédio era o posto de saúde da cidade, e obviamente os caras não sabiam que havia mudado. Mostrei pra eles onde ficava o novo posto, enquanto eles voltavam para o carro deixando um rastro enorme de sangue. Ligamos pra Unidade de Saúde pra saber o que havia acontecido, e confirmaram que os rapazes tinham sido vítimas de arma de fogo. Nem meia hora depois, descobrimos que haviam mais 18 vítimas, 15 delas, fatais. Como notícia ruim se espalha rápido, a chacina já estava em todos os sites de notícias do Paraná.

Enfim. O post de hoje fugiu um pouco da linha cômica que eu costumo seguir. O quê? Achou tudo isso um pé no saco? MÃO NA CABEÇA MERMÃO!



10 comentários:

Mulherzinha Sim! disse...

Olha ela toda se querendo nesta fotinha!!! hehehehehe

Passa lá no blog para ver uma pequena homenagem.

beijos

______________ * _______

Mulherzinha Sim!
Relata as aventuras de mulheres bonitas, independentes, profissionais de sucesso em suas carreiras e à procura de um grande amor. Ou pelo menos, um Homem para chamar de Seu!

Filosofias de botequim sobre namoros, ficantes, amizade colorida, comportamento e tudo o mais relacionado a esta atmosfera terão vez aqui.A idéia é abstrair um pouco das mazelas de ser solteira, dos homens que encontramos por aí e dar risada ou palpites de coisas que só nós, mulheres, vivenciamos e entendemos...

Mariana Valente disse...

Lindissima na foto primeiramente...
segundo, tava com saudaaaaaade!!!
terceiro... um dia eu tbm quero viver nessa vida de perícia, desde a primeira vez que li num livro da Agatha sobre envenenamento nos meus 07 anos... mas um dia eu consigo...

Ahhhh, sobre o mocinho... vou postar noticias logo
beijos queridissima!

Tarci disse...

Ta gata na foto!
Mulher fatal!
Bom isso tudo é real ou é historinha. To assustada!
Beijos!

Bruna Bo disse...

Tenho certeza que se minha mãe não fosse cozinheira seria agente federal também shuiahfuihsaiufha :D
Eu não achei um saco não, tudo muito interessante. Sem contar que essa foto está maravilhosa.

Ah, vi que você é de áries também... O melhor signo é o nosso :x

beijão :*

Jana disse...

Só não da pra esquecer que na pratica não é nada tão glamuroso como nessas séries.

beijos

Tathiana disse...

Vai ver é coisa de ariana, porque tb adoraria trabalhar como perita! E adoro essas séries policiais!
Fico feliz de q esteja escrevendo com mais frequencia.
Bjs.

Lilith disse...

É, se pretende entrar pra policia, é melhor mesmo escolher a federal, senão meu post de hoje será o seu de amanhã! kkkkkkkkkkkkkk

Bj imenso, e vai fundo pq é massa!

Sweet Girl ჱܓ disse...

Realmente essas series e filmes policiais são otimos, mas nunca despertaram em mim esse desejoo !!
Se despertaram em você, porque não seguir ou tentar!?

amei o blog ;D
Beijoss

Biia (: disse...

Corra atras dos seus sonho Prii... se vc quer se polial estude que vc consegue com certezaa õ/õ/
Porque inteligente vc é de sobraaa ;D
Saudades que eu tava daquii... agora vc voltou a postar regularmenteee???


Beeeeeeeeeeeeeeeeeeijo Priii ;*

Mary West disse...

O lay tá lindo e vc tá fabulosa na fota! :D