sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Como LEVAR Um Fora (FOR MEN)


Todos nós, da blogsfera, estamos cansados de ver posts onde mulheres ultra-feministas e desesperadas relatam suas más experiências amorosas, generalizando assim a raça masculina. Eu sei sim que muitos dos nossos amiguinhos do sexo oposto não são lá um poço de boas maneiras, mas, como já disse no post anterior, nós mulheres também não estamos muito atrás. Entrando nessa onda de “disse que disse” vou relatar aqui, mais do que justamente, motivos pelos quais queremos extinguir certas criaturas do planeta Terra.

Quando vocês TENTAM ser engraçados. Vejam bem: TENTAM. Na boa, não façam piadinhas com a sogra ou soltem comentários racistas. Ser engraçado é um dom, e não uma simples tentativa. Na dúvida, melhor não arriscar e partir para outra tática.
O QUE EU COSTUMO FAZER: Normalmente pergunto se a tia tá boa.

Quando vocês jogam cantadinhas manjadas. Tá, todo mundo tá cansado de saber que isso é fim de carreira, mas vale a pena reforçar. Aliás, a homarada anda renovando o repertório de cantadas bregas, achando assim, que estão sendo originais e descolados. MAS NÃO ESTÃO. Nada de cantadas, seja você mesmo, e isso vale também para as frases feitas.
PORÉM... eu tinha um amigo lanchinho (ler manual do cafageste) que costumava me mandar torpedinhos do tipo “Você vem sempre aqui?” quando me via chegando em algum lugar. Confesso que era fofinho, mas isso é relativo, não vai funcionar sempre.
O QUE EU COSTUMO FAZER: Sou um ser com muita paciência, então, digo que vou buscar uma água e... bem, já sabem.

Quando vocês dão em cima das amigas dela. Olha, eis a voz da experiência falando. Não é legal, mas não é legal MESMO perguntar o telefone, onde estuda, em que trabalha, RG ou CPF da amiga da garota, se ela demonstrar o mínimo de interesse por você. Isso não é nem uma regra, se chama “bom senso” e faz bem para os dentes. (De vocês, é claro.)
O QUE EU COSTUMO FAZER: Confesso que já dei alguns pitis por msn quando um possível pretendente começou a perguntar detalhes da vida da minha melhor amiga. Mas não aconselho. Prefiro dizer pra ele perguntar a ela e desencanar de vez do cara, como já fiz algumas vezes.

Quando vocês dizem frases vulgares quando estão na cama. Olha, pode não ser uma opinião unânime, mas na minha vasta experiência internetística constatei que grande parte das mulheres desencanam de caras que dizem coisas do tipo “Aaaaai que buce... Vai sua vadia, chupa gostosinho, vai!”. Particularmente, acho beeeem brochante. Mas também não é uma regra, tem doida pra tudo!
PORÉM: um carinha aí andou soltando um sutil “cachorra” pra mim. Não sei se é porque foi propício ao momento, mas confesso... eu gostei!
O QUE EU COSTUMO FAZER: O óbvio: não correspondo. E fico muda feito uma pedra. Uma hora ou outra o cara acaba se tocando de que esse, definitivamente, esse não é o seu estilo.

Quando vocês praticam a desprezível tática do “se veste e some”. Tenho certeza que TODAS concordarão comigo. Não tem coisa pior do que você ficar com um cara, ir tudo bem na cama, ele se mostrar carinhoso e tudo mais, quando... se satisfaz, se veste e diz: “Vamo embora?”. Se bem que conheço alguns que praticamente desmaiam depois do ato em si, o que é bem menos desastroso. E muito mais normal.
O QUE EU COSTUMO FAZER: confesso que não tenho muito a opinar nesse tópico. Eu mesma já saí correndo depois da transa, então... (E não é vadiagem da minha parte não, era pressa mesmo! kkkkkkk)

Quando vocês praticam a (não menos) desprezível tática do “vamos dar uma volta?”. Cara, é incrível. Conheço caras boa pinta, saradões, com presença e tudo mais, que não desistem dessa idéia IDIOTA. Você quer só sexo? Tudo bem, muitas vezes nós também queremos. Mas custa FINGIR que está tentando nos seduzir e que, na verdade, quer mesmo a nossa presença? Ficamos os dois fingindo: vocês que querem só papo, e nós, que acreditamos em vocês. Mesmo que sempre sabemos que tudo vai acabar na cama, ou no banco de trás, ou no chão... enfim. Tem que rolar o sex-appeal da coisa.
O QUE EU COSTUMO FAZER: Uma vez eu perguntei a um deles se essa história ainda colava. Acreditam que ele gamou?

Quando vocês resolvem tentar ir pra cama com a gente quase que em coma alcoólico. Desastre. Talvez, o maior deles. Uma nova lei de Newton: ÁLCOOL E WHISKY não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Eu sei que o álcool faz com que perdemos o bom senso, mas se enforcem para não tocar na palavra “sexo” quando estão alcoolizados. De verdade: caras bêbados costuma ser muuuuuuito brochas chatos. Isso também vale pras situações em que NÓS estamos alteradas. É bem anti-ético pegar garotas que não sabem bem o que estão fazendo. E, cá pra nós, pra mim é falta de capacidade.
O QUE EU COSTUMO FAZER: Os caras que me conhecem sabem que eu sou super boazinha (cara de anjo). Normalmente eu pego uma Coca pro bonitão e dou um jeito de garatir que ele chegue vivo em casa, e já dirigi muitos carros madrugada a fora pra cumprir o meu papel de boa moça. Parabéns pra mim, né?

Quando vocês TENTAM impressionar. Vejam bem (novamente): TENTAM. Ter uma Hilux aro 22 pode até te garantir uma noite de sexo, mas você precisa ter muito mais que isso pra encontrar uma boa companhia. Mas, tudo bem. Se vocês querem transar por transar, vai uma dica: uma boneca inflável não é muito diferente de garotas desse tipo. Deixando bem claro aqui minha repulsão por mulheres interesseiras. Todo interesse tem sem limite. Conheço alguns homens que, se tivessem o pênis do tamanho do ego, eu pedia pra casar.
O QUE EU COSTUMO FAZER: Nessa parte, sou meio malvada. A indiferença é a maior arma contra caras desse tipo.

Quando vocês abusam na primeira transa. Isso é uma opinião minha. Eu acho que, certas coisas pra se fazer na cama, devem ser utilizadas quando já há uma certa intimidade entre os dois, quando vocês já sabem mais ou menos os gostos um dos outros. Tem cara que não tem simancol e já vai pedindo altas loucuras pras garotas. Homens, CONTROLEM SUAS TARAS! P.S: esse tópico não vale para as piriguetes.
O QUE EU COSTUMO FAZER: É meio complicado né, já tá lá, no vuco vuco, meio que não sobra muita alternativa imediata. Azar o nosso de ter pego um maníaco sexual desse tipo. Mas claro, excluo da minha geladeira agenda talefônica para todo o infinito “sempre”.
Quando vocês se tornam “disponíveis” demais. Quem já lê o Neve há algum tempo, sabe que eu não sou muito fã da disponibilidade excessiva. Claro que, sumir por um mês e depois ligar de novo, TENTANDO ser indiferente, não funciona. A indiferença tem que ser moderada e medida. Esse negócio de ligar todos os dias, passar no trabalho pra dar um oizinho e saber como está, perguntar o tempo pras nossas amigas como estamos, não é nem um pouco aceitável. Ligações, 3 vezes por semana, no máximo (caso morem longe). Passar pra dar oi toda semana, pra mim, não rola. Trabalho VS Relacionamentos não é uma mistura inteligente. Demorar um pouquinho pra responder a mensagem também dá um certo charme pra situação. E olha, tranformei amigos meus em verdadeiros pegadores com algumas dicas desse tipo, viu? Todas nós sabemos que gostamos mesmo de sofrer um pouquinho de vez em quando.
O QUE EU COSTUMO FAZER: Precisa mesmo dizer?

Enfim, não são regras, são apenas sugestões e opiniões minhas de situações que costumam acontecer. Confesso que pra escrever esse pos, abri minha (geladeira) agenda do celular e fui analisando as pisadas de bola que os caras deram pra levarem um fora priscilístico. Portanto, se sua pretendente tiver um cadinho a ver comigo, conselho: não tente nenhuma das táticas sitadas a cima.

P.S²: Fica aqui uma proposta: gostaria que cada um que comentasse, deixasse um bom motivo pro carinha levar um fora. Vou transformar as melhores sugestões em um novo post, deixando os créditos para o autor.

Um beijo! ;*

23 comentários:

Tata disse...

Você me diverte!
kkkkkkk

Iúna disse...

eita missão!
o cara ficar chamando de bebê o tempo todo, acho que com medo de confundir nomes, esse tá fora.

o cara abrir a carteira depois do sexo, e de umas tres latas de cerveja (que ele tomou sozinho, dizer que tá mal de grana, e perguntar se dá pra dividir a conta.

homem que palita os dentes na frente da gente, eca geral.

homem que tem o vocabulário vulgar, que de cada 10 palavras, 8 são palavrões.

homem que não toma banho direito, que tem aquele cheiro de azedo, eca.

aqueles que não olham nos olhos e sim no peito, na bunda, na xereca, como se nós fôssemos objeto de consumo e ele estivesse avaliando.

(aviso logo, não é baseada em fatos vividos por mim, rsrsrsrs, antes que digam algo, sou uma mulher séééééria, porém esperta, rsrrsrss)

sei lá, depois penso em outros.

Vanessa disse...

Levar fora faz parte da vida!
As vezes é bom pra ter histórias pra contar!

Tarci disse...

Hahaha muito bom!!!!!!!!
To aqui rindo muito. Boa idéia de post esta sua!
Ahh quer um motivo.

Aquele tipinho que do nada solta: de todas as mulheres da minha vida você é a preferida.
Quer montar album vai colecionar figurinha.

Beijos Flor!

BiaHh disse...

Aiiiiiii eu DETESTO, DETESTO, DETESTO muito quando eu to na rua, principalmente sozinha e um cara solta aquele velho e bom: OOOOOO GOSTOSA, COM UMA BELDADE DESSAS EU VOU ATE PRA UM MOTEL DE ESKINA. ¬¬'
Taaa isso já aconteceu comigo e confesso que quase morri de nojo e de vergonha, as vezes cantadinhas do tipo: Oii Priincesa :D~
São ate legais, mais vey oooo GOSTOSA é broxanteeeeeeeeeeee -.-**

Prii tem meme e selinho pra vc no meu blog... Beijoss ;**

Liquificadorizando disse...

Quando você olha o meu álbum de infância que minha mãe insiste em te mostar

E vê aquelas fotos horrorosas. Me olhando com aquela cara de "nossa você era assim?".

Parabéns pelo blog!

Abraço

Alexandra Periard
http://alexandraperiard.blogspot.com/

Mariana Valente disse...

ai Pri, ri horrores ahuahauahuahauhauahuahauhauahuahauhauahuahauhauahauhauahuahuahauahua

espero que eu nao me enquadre no "onde mulheres ultra-feministas e desesperadas relatam suas más experiências amorosas, generalizando assim a raça masculina" me deu até medinho huhuhuhu... mas fazer o quê se a maioria que eu conheci são assim? =/

to de volta, renovadíssima!!!

bjoks querida!!! boa semana

Rafael Velasquez disse...

em revolta não vou dizer nada, nada. rs

Tathiana disse...

Motivos pro cara levar um fora? Vejamos alguns, na minha modesta opinião:
1)Cantadas ridículas ou ofensivas. 2)Homem galinha, q dá em cima de todo mundo. Esse tá fora.
3)Homem burro. Não dá, né? rs. Já pensou o camarada chegar falando "a gente fomos...?" rs.
4)Qd o cara te deixa no vácuo. Some e qd aparece (SE aparece) finje q nada aconteceu.
5)Homem q se acha d+, tipo "eu sou fodástico"! rs.
Dentre outras...
Beijos.

instantes e momentos disse...

é bom voltar ao teu blog, gosto daqui. Tenha uma bela semana.
maurizio

Bárbara Fiz disse...

Oii,estive sumidinha
mas ja estou na ativa de novo
adorei o post e a dica pra esses
babakas ai de plantão ^^

Aah coisa que odeio é quando passo na rua e um cara diz ...

Nooosssaaaa que melão



siim,sou uma moça de familia
mas obtive seios enooormes confesso
que morro de vergonha e já aconteceu de caras me pedirem informação ...
Mas o idiota mesmo foi essa semana .
Eu estava com uma camiseta de sapinho falando com uma amiga na rua e um conhecido sentou-se na mesa onde ela estava e ficou prestando atenção em meus peitos e dessa vez eu perguntei ...
OQUE É QUE VC ESTÁ OLHANDO ?

- Ah, o seu sapo está me olhando e eu olhando ele ... só isso

e quando olhei pra blusa os olhos do sapo é localizado bem nos meus seios ! jurei q nunca mais usava a blusa.
hehe

beijos ! volte sempre !

Thiago Augusto" disse...

Nada a declarar!
ashaushauhsuahsa
Não me encaixo nessas categorias :D

Dani disse...

HAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHA
ADOREI..
BEM EU TÔ FORA DESTES ITENS..
SOU UMA SENHORA CASADA..HAHAHAHA
AHH MAS CONCORDO COM TODOS..
BEIJOS

FAXINA

anailuj disse...

Não tenho muita coisa a dizer.
Apenas que os homens antes de serem homens, deviam aprender um pouco mais sobre as mulheres.

(:

Thiago disse...

hahaha me recuso a comentar senhora Pri! Vou fazer um post resposta para você ¬¬ hahahaahaha

Lilith disse...

É, realmente um post de utilidade Publica!

Pra mim, merece um fora aquele sujeito que se acha o "bam-bam-bam". Sabe, aquele tipinho apaixonado por si mesmo e pelos seus musculos de aço...que passa mais tempo na academia que vc? Nossa, esses caras pra mim são o cúmulo do broxante.

Os pão duros também. Cara pão duro não dá pra engolir, nem com cerveja!kkkkkk

Bj imenso

João da Silva disse...

Adorei. Fiquei apenas com uma dúvida, mas... deixa pra lá.
Beijinhos carinhosos!

Lu disse...

Muitooo bom,....espero q alguns idiotas passem aqui no seu blog e aprendem um pouqinho hahaa...
Bjjooo

Caroline disse...

Sensacionaaaaaaaal!!!
Juro!! Um dos melhores posts que já li na vida! Ri muito, e tudo faz o amior sentido!

Adoreiiiiiii!!!
Vou pensar nas minhas sugestões e escrevo aqui!

beijoos!!

Pedro disse...

Bom essa manual, hein?! Além de hilário!

Ninha disse...

Caras bebados, de regata na balada....fora na certa

Lestat disse...

Você vem sempre aqui?

^^;..;^^

Tay disse...

OIe tive mudar de endereço..anota ai...
http://nomeuquarto-tay.blogspot.com/
bj